Postagem em destaque

Controle PID de Potência em Corrente Alternada - Arduino e TRIAC - Parte I

Este post é o primeiro de uma série de seis que escrevi tratando de controle de potência e PID (controle proporcional, integral e derivativo...

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2015

Um tiozinho na Campus Party



Atendendo a um convite do amigo Jomar, responsável pela área de IoT da Intel cá no Brasil, fui hoje ao coquetel de lançamento do Intel Edson. Cara... divertido! Vejam como me saí por lá... prometo: muitas imagens, pouco texto.

O evento é dividido em três partes: a primeira, de acesso gratuito, é composta de stands de empresas de tecnologia, uma área de projetos estudantis e a arena da guerra de robôs. A segunda área é a "festa do campus" literalmente, uma área onde só tem acesso os campuseiros (povo que tá acampado por lá, MILHARES de jovens), pessoas que pagam por dia de acesso e convidados como euzinho.


Na parte aberta tinha essa oficina, promovida pela Prefeitura de SP. Achei uma boa ideia para a nossa intrépida Paulinha trazer para o SESC-SJC, quem sabe?

 Os caras tem impressoras 3D, máquinas de corte a laser, fresas e outros "mimos" para a diversão dos oficineiros.



Ao lado, a turma se divertindo.
 Uma parte enooooorme do evento é dedicada a games (dãããã!). Esse aí é um dos simuladores mais viajados, desses que giram enquanto o sujeito pilota.
Eu, que sou do tempo do telejogo, confesso que não acompanhei, ou seja, desembarquei em algum momento dessa história. Então a atenção aqui dedicada será inversamente proporcional à da turma lá na CP... mas não vou deixá-los totalmente "out" não.
 Se o cara não se satisfaz dentro da bolota azul, pode também entrar num F1 "real" e mandar ver. Isso no estande da Petrobras. Me perguntei se os caras não tinham um lugar melhor prá gastar grana do que a CP, mas me lembrei que eles tem muitos outros lugares piores para investir "o meu, o seu, o nosso" capilé...
 Fala verdade??? Em que evento aberto ao público vc veria um estande dedicado a um "Sistema de alinhamento automático de parcelas de criptografia visual para protocolos de comunicação"? R: CP!
 Aqui um trabalho legal que umas calouras de uma universidade do MT estão fazendo com Scratch e Arduino nas escolas de sua cidade.

A meta delas é convencer a meninada (principalmente a "meninada meninada", quer dizer, aquele povo XX que compartilha a condução desse planetinha conosco) que esse troço de nerdice não é coisa só prá macho.
 Ao lado as "culpadas" pelo trabalho. Lembrando: são calouras!!

BTW: tinha muito mais mulher no evento do que eu esperava ver. Mesmo na competição de robótica as mocinhas operavam ferros de solda, parafusadeiras etc. E a coisa por lá é bruta, como vcs verão abaixo.



No "fundão" a área de camping. Os micros em primeiro plano são o "check-in", nosotros não podemos passar daí. Queria ter tido um acesso melhor para mostrar a vocês mas rolou não... :(










 Aqui uma panorâmica da maior área da CP: bancadas e mais bancadas (e mais bancadas ainda) ocupadas pela nerdaiada se divertindo....
Uma coisa interessante é: como será que os caras fariam para prover wifi para essa multidão? R: simplesmente não fazem. A tecnologia wifi tem limitações que tornam impossível disponibilizar acesso para essa galerinha. Então prá todo lado que se olha tem "fio azul" esparramado.

Dizem que a largura da banda (50 giga) é mais ou menos o que a população de BH tem à sua disposição... já eu não pude desfrutar, convidado não tem direito a entrar com notebook. E por uma razão: os computadores (desktops/notebooks) são todos cadastrados associados aos donos.

Customização de PCs


Existe um  "concurso de customização de PCs (???) no evento. Os caras investem até R$ 10.000,00 para "embelezar" suas caras-metade e trazem para ver quem é o melhor nessa arte.
Nunca imaginei uma coisa dessas...
Algumas imagens das "preciosidades" se seguem.
Tinha muita máquina customizada...



Tem umas que nem lembram PCs.


A maioria delas é refrigerada a água. Tem umas, a nitrogênio...
Reparem no tamanho dessa coisa...
















E esse aí, então?































Escrevi acima que o sujeito gasta até dez paus para montar uma dessas máquinas. Aí ele transporta  a bicha prá cá, monta e participa de um concurso.

O prêmio? R$ 300,00 e um ingresso para participar da CP do ano que vem...

Por fim, o vídeo de uma das belezinhas funcionando.


video

MMA Robótico


Não poderia faltar por lá, claro, uma arena de MMA robótico. Eu, que já até promovi uma tempos atrás, finalmente pude ver uma in loco. 


Acima, uma panorâmica da arena. O chão é formado por chapas de aço, as paredes são de vidro a prova de balas... já dá para ter uma ideia do que rola aí dentro, não? E tudo transmitido on-line em canal do youtube.

A área de preparação dos robôs é de acesso restrito, mas uma amigo de um amigo que eu tinha feito uma hora antes me emprestou o crachá da mulher dele para que eu pudesse entrar. Aí embaixo então vão as minhas descobertas de insider...

Aqui uma panorâmica da galera dando os toques finais nas máquinas. Já houve um dia de competição, então hoje vai rolar uma repescagem.
Se, durante a preparação, for necessário usar uma ferramenta mais heavy (uma esmerilhadeira, por exemplo), o sujeito vai prá dentro da arena e manda ver.










 São três categorias. A mais pesada comporta bebês de até 53 quilos. Esse aí pesa só 49...
 Essas são as armas, no detalhe: Perguntei se eram dentes de alguma escavadeira, os caras me disseram que não, que foram construídas com essa finalidade. E que não foram fundidas, e sim fresadas. "Ferro fundido é muito mole..." Então tá.

Os caras me disseram que esse robô é o único com oito rodas... e oito motores, por supuesto!
 Essa mordida foi feita pelo robô anterior. Se fosse ferro fundido não tinha nem feito cócegas...
 Outras maquinhas na bancada.
















Essa foto é bem autoexplicativa.
Já esse aí atua virando a concorrência.













Por todo lado tem maletas como essa. São baterias de carregadores de bateria, para carregar as baterias dos robôs. Um camarada do ramo me disse que os motores e armas chegam a consumir 8 kW (!!!!) de potência em determinados momentos. Isso dá quase 14 cv. Se pensarmos em 24 V no circuito, Isso dá mais de 300 A de corrente! Será isso mesmo???

Com isso, as baterias duram no máximo 3 minutos, e é comum explodirem... ui!

Outras imagens


Em que lugar a gente vê o Mach 5 estacionado ao lado da Mystery Machine???

Speed Racer e Scooby Doo não estavam por lá... pena, eles são do meu tempo.












Havia tb esse hackaton Ford. Nele o povo era convidado a desenvolver aplicações para rodar embarcada nos modelos da marca.

Para isso haviam consoles dos veículos (à esquerda, pretos) ligados em rede para a galera mandar ver.







Ao lado, a parte traseira dos consoles, com as diversas conexões suportadas.












Ao lado, a imagem do espaço mantido pelo povo do Garoa e outros hackerspaces na CP. Tava lá a turma dos jovens há mais tempo: Ramalho, Anchises e quetais.










Bom, é isso. Sobre o Edson, vários outros posts virão.

Abracadabraço!